quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Proguaru fala sobre asfaltamento de ruas de Bonsucesso

O diretor da Proguaru, Sr. Carlos Derman conversou com a Folha de Bonsucesso no dia 25/11 sobre o asfalto de várias ruas da região levando-se em conta a reportagem de nosso número anterior.
Folha de Bonsucesso: O que o Sr. Poderia nos dizer em relação ao asfaltamento da rua São Vicente Ferrer citada em nossa reportagem?
Sr. Carlos Derman: As obras já estão contratadas. As obras em um trecho da Remanso, da Piau, da Descoberto. Os trechos (são) da parte de cima, que não exigem tantas obras de drenagem. Já foi dada a ordem de início, mas a empresa não começou. Nós estamos discutindo com eles. (Após a entrevista, a empresa contratada iniciou as obras)
FB: Para a São Vicente Ferrer tem alguma expectativa?
Derman: Tem sim. Nós fizemos projetos, fizemos a licitação. Nós temos condições de começar a obra o ano que vem. Agora estamos discutindo com a prefeitura os recursos, as condições técnicas...
FB: Só no que vem?
Derman: Este ano está acabando. Está chegando o período de chuvas intensas. São obras que não é possível fazer com chuva. Mas, ainda assim, creio que é possível a parte alta, porque não tem tanta drenagem. O solo é melhor.
FB: E a Rua Remanso?
Derman: Um trecho da Rua Remanso, sim.
O trecho que fica entre a Rua dos Prados e a Rua Tamotsu Iwase.
FB: Não há como fazer toda a Rua Remanso?
Derman: Não! Nós estamos fazendo os projetos. Tem problemas de drenagem, de galeria. (...)
Tem um trechinho que já está asfaltado, na Prado. A idéia por enquanto é continuar até a Tamotsu Iwase, a Remanso, a Piau e a Descoberto, que são paralelas, e as transversais, indo da Armando Bei até a Descoberto. A parte de baixo, São Vicente Ferrer, Guindoval, Santa Maria, é uma obra que está contratada. Estamos discutindo com o prefeito,
vamos discutir com o Orçamento Participativo também, para que se abrevie esses custos. As obras em toda essa região da Nova Bonsucesso são caras por terem muitas galerias. Têm locais nos pontos baixos em que o solo é muito ruim,(...), a terra é preta. É a mesma coisa na São Vicente Ferrer, ou na Guindoval, (...) na altura da Turvolândia, que já esta mais próxima ao rio Baquirivu, é uma terra muito ruim. Você tem que tirar toda essa terra e fazer a troca de solo, colocar
rachão, colocar argila, (...) além de ter que fazer galerias. São obras caras, complexas. (...) As obras de galeria e parte das obras de pavimentação são pagas pela prefeitura. A outra parte (...) os moradores pagam de forma parceladas após a conclusão das obras. (...) Eu posso prometer a parte de cima, a parte de baixo vai depender da disponibilidade de recursos.
FB: Então, para a São Vicente Ferrer não há previsão por enquanto?
Derman: Não! Nós temos condições técnicas para fazer. Temos um projeto, já fizemos até a licitação, e existe uma sinalização de que o prefeito quer fazer a obra. E é muito provável que ela saia. Agora eu tenho que ter certeza dos recursos.
(...) Tem muitas coisas ainda que faltam fazer na Nova Bonsucesso, nos dois lados da Armando Bei. Em todos os lugares tem moradores que estão mobilizados com razão. São muitos anos de descaso!
FB: Na Catarina Maria de Jesus, em frente da Meridiano, tem uma lombada inversa...
Derman: R- (...) Foi uma besteira que fizeram. Não é difícil de resolver. É só fazer a boca de lobo e tirar a lombada. (...) A Catarina Maria de Jesus tem que ser refeita, (...) tem que refazer a drenagem. (...)
FB: Há uma mobilização de moradores para tirar aquela lombada invertida.
Derman: Ninguém nunca falou sobre isso comigo.
FB: E com Relação ao Bambi?Estivemos lá esta semana e observamos que as guias já foram colocadas... (estivemos na região em 19/10)
Derman: No Bambi tem um problema grave de esgoto. O esgoto hoje é jogado nas galerias de águas fluviais... O (...) o SAAE esta estudando uma solução. O caminho natural do esgoto vai para um local que é chamado Bosque
do Bambi. Não pode ser lá o lançamento. Vai ter que instalar uma estação elevatória e levar o esgoto para outro lugar.
Até agora isso não foi feito, não dá para discutir pavimentação.
O que eu acho mais importante no Bambi seria a pavimentaçãode acesso, a estrada do Morro Grande. (...)
FB: As pessoas acreditam que algumas ruas constam como asfaltadas e, na realidade, não estão.
Derman: A prefeitura sabe exatamente as que estão asfaltadas e as que não estão. (...) Sempre falam isso, mas não é verdade. Essa desculpa nós não temos. Não corresponde. (...)
FB: Dá para se ter uma data aproximada em relação à São Vicente Ferrer?
Derman: Eu não posso dar data. Como eu falei, seria uma obra para o ano que vem. E vai depender da disponibilização de recursos e teríamos condição de estar iniciando em Março ou Abril, após o período de chuva. Não é uma obra que dá para fazer com período de chuva.
FB: E com relação a Rua Remanço ?
Derman: Um o trecho da Remanço queremos fazer este ano ainda. A firma já deveria ter feito.
FB: Quando vocês contratam uma determinada empresa e ela não corresponde com aquilo que foi contratada, (...) quando se faz uma licitação é colocada alguma clausula para que a empresa justifique ou não, o feitio da obra? Por exemplo,
eu posso fazer um orçamento com preço menor sem ter condições de executar a obra.
Derman: (...) A empresa tem que ter atestado de que já fez obras similares. Tem que provar que esta em dia com os impostos, ter responsável técnico, um engenheiro, e nos fazemos todas as verificações. (...) O contrato prevê que você pode multar, reincidir. Às vezes isso acaba atrasando mais.
FB: Isso tem ocorrido?
Derman: Tem ocorrido com algumas empresas sim. É pelo fato que tem empresa que pega muita coisa para fazer e não consegue. Nós multamos várias vezes por causa disso, reincidimos contratos.
FB: Volta tudo ao 'zero'?
Derman: Depende, quando você faz uma licitação e a empresa que ganha não cumpre e você reincide o contrato, você pode contratar a segunda colocada, a terceira, a quarta, desde que elas topem fazer a obra pelo mesmo preço que a primeira propôs.
Mas, em geral não topam, eles já tem um preço maior que é o adequado para eles. A lei também estabelece critérios sobre exeqüibilidade (...)

2 comentários:

Sabrina disse...

O que dizer desta falsa moralidade política, sendo que nos fizeram perder tempo em uma imensa fila para assinar um contrato de pavimentação!!! que está longe de ser verdade, pois a proposta seria com certeza até no máximo fevereiro
de 2009.
Aí eu pergunto "CADÊ O ASFALTE DAS RUAS DE Vl. NOVA BONSUCESSO!!!
SERÁ QUE JÁ CONSTAM NAS PREFEITURAS COMO ASFALTADO???
Eu não duvido, pois somos munidos de promessas,porém calam nossas bocas diante essa mediocracía que aí se encontra!!!

cassia disse...

Nossa a minha rua é uma decadencia !
Eles falaram que asfaltaria em Fevereiro de 2011 ...
tá estamos em Março e nadaa
quase todas as ruas aki estão asfaltadas mais tem umas que não e a minha é uma delas
vamos tomar iniciativas neh ???????